domingo, 7 de março de 2010

Vazio




E no final eu sempre acabo no mesmo lugar. Um quarto vazio, coberta de meus pensamentos, tentando desvendar a mim mesma tudo aquilo que eu sinto. Estranho? Sim, e muito. Mas as coisas sempre são estranhas. Conhecer a si mesmo não é uma tarefa tão fácil assim é? Pra mim nunca foi. E se pra mim é difícil , para os outros se torna impossível. Não que euseja algo indecifrável , mas a verdade é que é difícil pra qualquer um entender todos os momentos em que eu não sou ‘eu mesma’. E o fato é que existe um vazio. Que tipo de vazio? Ainda não sei, apenas sei que ele existe. Dá pra superar, não?. Eu sempre superei.

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.