terça-feira, 18 de maio de 2010

Pedaços


Pedaços do meu coração, estão espalhados por todos os lados. São vestígios de todo um sofrimento. De toda uma história interrompida. Não há porque juntá-los, se mesmo unidos nunca formarão um coração. São apenas pedaços de lágrimas. Lágrimas que um dia foram sorrisos. Não existe mais esperança ao ver a essência se dissolver. Não é mais necessário dormir, se não haverá mais sonhos. Vive-se conseqüentemente, somente com restos mortais. Agora que a alma jamais se conserva sem sonhos. Não há mais razão. Assim sendo, entrego minha alma e me diluiu junto aos pedaços.
(Créditos - Thais Firmino)

0 comentários:

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.