sábado, 10 de julho de 2010

Laços

Quando, com um passo, você fica dois passos mais distante, é porque ela também está indo embora. É aí que você começa a pensar nestes laços invisíveis que nos amarram uns aos outros. Que tamanho eles podem ter? Podem continuar apertados mesmo quando suas pontas já não mais ocupam o mesmo lugar? Sente um fisgão nos pulsos quando abraça outro alguém? Livra-te dos laços. Não falo de cortar. Pode desamarrá-los com o mesmo carinho que tiveste quando os tornaste apertados como braçadeiras. Lembra-te de que laços não são algemas. Agora divida essa corda e presenteia quem você quiser com estes pedaços. Eles são pequenos o suficiente para não virarem nós? Perfeito. (Beeshop)

8 comentários:

pancakes for one are no fun disse...

os laços são infinitos , desamarramos e amarramos em outras pessoas pra que elas sempre os apertem quando estes queiram se soltar...ou às vezes em vez de apertá-los resolvem desamarrar pra que possamos achar um outro alguém pra se amarrar.Melhor laços que algemas , right?

Amanda Vieira, disse...

Adoreeeei!

Andre Mansim disse...

É esses laços são complicados de desatar, mas quando não são com a pessoas certa, tem mesmo que desata-los para fazer laços novos !
Muito bom post !

http://amansim.blogspot.com/
atualizado

Ana C. disse...

Nossa,vim ler esse post justamente quando estou precisando desatar laços. Coincidência?
Muito lindo.

Isadora Peres disse...

nossa, texto muito lindo! refletiu tudo o que estou sentindo em um parágrafo! muito bom!

Patrícia Alves disse...

desamarrar laços não é tão fácil quanto parece, mas se tentar, e tentar muito, consegue!
Ameeei !
bjs ;*

Fernanda Zanol. disse...

A gente se torna dependente demais das pessoas, né? Esse texto falou tudo, as vezes é preciso desfazer os laços.

Beeeijo :*

Selly disse...

Adorei muito seu blog e adorei esse post em especial porque vc citou o Beeshop(amo muito eles)
já estou te seguindo
de uma passadda no meu blog
www.pessoinhafeliz.blogspot.com

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.