sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Prometi


Você já se sentiu como se não houvesse mais nada a perder? Eu não quero nem pretendo ser alguém  que te serve apenas como consolo nos momentos ruins. Sabe, às vezes eu também preciso ser consolada. Há uns dias atrás eu não conseguiria imaginar você da forma como eu vejo agora. É difícil, tão difícil que o coração pede socorro e está prestes a explodir em lágrimas. Chegamos a um ponto em que  não há mais nada que se possa fazer. Chega uma hora em que precisamos amadurecer. Amadurecer nossos sentimentos e idéias. Você não conseguiu enxergar isto. Não quer me compreender e nem nunca quis. Tantas vezes eu senti vontade de deixar tudo pra trás e esquecer, apenas esquecer. Embora eu não nego que esquecer seria muito dificil. Sempre acreditei em mudanças e passei muito tempo esperando que elas acontecessem. Mas eu cansei. Minhas lágrimas falam por mim. Não vou voltar atrás.  Prometi.

10 comentários:

Bianc Alves disse...

esquecer e prometer, resolve alguns problemas da vida, realmente. :/

Luria Corrêa . disse...

Às vezes valhe mais correr atrás do bom pra nossa vida, do que esperar que ele chegue até nós. Lindo post Julie.

beijos :)

Elania disse...

): É tão ruim, qndo nos sentimos assim "sem nada a perder" . Mas todas as suas palavras no texto, proporam o contrário, pois Ela fez muito por Ela mesma, e disse no fim "não vou voltar atrás". :) Achei muito lindo, bjs.

ANNA LUISA PIRES disse...

ah, que texto LIINDO *-------*

Lidiane Almeida. disse...

Tem hora que a gente tem que seguir em frente. Blog lindo. Beijo.

Maíra disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maíra disse...

Ameeii seu blog. Lindo lindo! Estou te seguindo! Passa no lá no meu http://mairacintra.blogspot.com/ e siga se gostar!
Bjos

Naia Mello disse...

No fim das contas, você nunca volta para trás.

Lucas C. disse...

Que apaixonante ^^

Jaci M. - Tay R. disse...

Eu ja senti isso sim :S rs

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.