sexta-feira, 1 de outubro de 2010

Sobre perdoar

Eu nunca fui de me prender ao passado, embora seja difícil pra mim perdoar. Sim, eu admito, sou rancorosa. Mas se a gente guarda mágoas é pra se certificar que nunca mais vamos deixar aquilo acontecer de novo e que aquela pessoa pode um dia voltar a nos magoar. Não estou dizendo que nunca perdoei, mas inconscientemente sempre resta alguns vestígios do ocorrido. Mas enfim, o ser humano é movido a sofrimento e isto nunca muda. Quando você briga com a pessoa que ama o que você faz? Coloca uma música de fossa, se joga na cama e derrama rios de lágrimas, eu sei. Não se sinta infeliz por fazer isto, é natural e completamente aceitável, afinal você tem um coração.

10 comentários:

Mariana de Oliveira Cotrim disse...

pois é! =/ adorei.

Kauana da Costa Rosa disse...

A verdade é que a gente nunca esquece de quem magoa a gente não é mesmo?!

Andreza Mona disse...

E botar pra fora é a melhor solução, parabéns pelo seu blog muito fofo e interesante

Luria Corrêa . disse...

Perdoar, é a questão mais difícil a que nos submetemos às vezes. Saber perdoar sempre é um dom, mas somos humanos, o que é isso. Lindo texto Julie *-*

bejs :)

Elania disse...

Muito lindo o texto *-*
Não se sinta infeliz por fazer isto, é natural e completamente aceitável, afinal você tem um coração. [2]

Bianca Fernandes disse...

a simples verdade, nunca se perdoa totalmente sempre resta algum medo de acontecer denovo.
lindo texto *-*

Bianca Fernandes disse...

posso postar no meu blog ?

Deny disse...

Perfeeeeeito, já tou te seguindo!!!
Espero ansiosa mais posts!!!

=D

jefhcardoso disse...

Jullie, admitir um jeito de ser é aceitar-se; e isso é bom. E ter um coração exige cuidados, como por exemplo, regar com algumas lágrimas vez ou outra. [sorrio respeitosamente]

Abraço!

Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com que convida para ler “O Candidato” ou qualquer outra coisa...

Ruby disse...

Tenho aprendido que o rancor traz problemas unicamente a quem guarda, tenho tentado ao máximo me ver livre desse sentimento, mas confesso que não é fácil. Perdoar é uma tarefa difícil, mas tenho sido uma boa aprendiz.

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.