terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Certezas

Ás vezes, eu chego o mais próximo possível da certeza de que esse monte de coisas que eu tenho pra te dizer são, na verdade, nada. É que boa parte das minhas ações acabam por dizer tantas coisas, que as palavras que saem da minha boca acabam por tornar-se meros coadjuvantes nessa silenciosa conversa que a gente tem, mesmo quando distantes um do outro. Ás vezes eu chego o mais próximo possível da certeza de que esse monte de coisas que eu faço por você significam, na verdade, nada. É que essas palavras que eu despejo aqui acabam por dizer tantas coisas, que as minhas ações acabam por tornar-se meras coadjuvantes, nessa barulhenta gritaria de palavras que a gente faz, mesmo quando rabiscamos sobre o mesmo guardanapo. (Lucas Silveira)

3 comentários:

Clarinha disse...

que texot lindo !

Ray Fernandes! disse...

palavras confusas que talvez não façam o mero sentido pra você! porém só ouça...

Jullie disse...

né?!

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.