quinta-feira, 29 de abril de 2010

cadê o meu final feliz?

Eu podia começar contando a história de como você apareceu, e mudou minha vida. Ou eu podia deixar bem claro o quanto eu fui feliz contigo. Mais de que vale isso agora? O que importa o passado, quando o presente é oposto? E também, acho que eu não preciso dizer essas coisas, todo mundo sabe o quanto eu mudei por você ou o quanto eu lutei por nós dois. Tenho certeza de que todo mundo tá cansado de saber, que quem sofre agora sou eu. Me fez acreditar que a realidade era maior, eu fechei os olhos e deixei você me guiar. E agora eu to perdida no meio desse sentimento, que insiste em ficar em mim. Ninguém pode entender o que eu sinto, ninguém sabe as noites que eu passo chorando. Já não é dor, não é decepção, é só um vazio.. acho que a pior dor do mundo, é não sentir dor alguma, é não sentir mais nada. É o medo de se apaixonar, ou de ter algo a desejar. Porque nos meus sonhos ainda passa a imagem de nós dois. Já não tenho esperanças, mais tenho desejos que me sufocam. E saber que você já se foi, já me esqueceu, é como sentir que meu mundo parou, enquanto o seu acelerou os passos. E todo dia eu me sinto sozinha, cercada de gente, mas querendo uma só que não está! E nem nunca estará. Sigo sem saber o que dizer, porque não existem mais palavras entre nós. As vezes só um carinho seu, me faz ganhar o dia mais também só uma palavra tua, quebra meu mundo em pedaços. E quando eu deito na cama, e tento entender mais uma vez o que aconteceu com a gente, fico suplicando em sonhos, aquele futuro que você me prometeu. Eu sinto tudo em volta desabar, quando eu vejo que nossas promessas, nossos planos pertencem agora á aquela que tomou o meu lugar. Nunca fui muito boa nessas histórias, mais eu era boa em amar você. E agora me custa desaprender isso, me diz.. se nosso amor era eterno, cade o meu final feliz? 
Créditos: Vanessa
-

quarta-feira, 28 de abril de 2010

saudade


Não me venha com saudade. Saudade é o sentimento de quem se apega ao físico e ao tátil. Quando não se tem mais o tangível, o "tocável", a gente sente saudade. Ingenuidade. Eu não sinto saudade, pois me apego a histórias, ações e a fisionomias. E não tem como sentir saudade dessas coisas. Eu levo tudo isso comigo. Pra sempre. Acomodo minha cabeça em qualquer travesseiro e fecho os olhos. O interior de minhas pálpebras me serve como tela para projetar tudo isso, sempre que eu sentir falta de você. 
Lucas Silveira

sexta-feira, 23 de abril de 2010

perfeição


Tava na cara que iria mudar. Sempre acaba mudando, tudo. Mas eu não esperava que as coisas mudassem tão rápido assim. As vezes cansa, tentar fazer das coisas sempre perfeitas. Não dá pra ter tudo perfeito sempre, isso é fato. A gente acaba esperando demais, na ilusão de que tudo vai ser perfeito pra sempre. Pura ilusão. As mudanças ocorrem, a gente querendo ou não. Eu sempre pensei assim,  eu tento superar, afinal o que mais se pode fazer? Eu só queria que as coisas não fossem tão frageis. A perfeição um dia sempre acaba, mas simplesmente não precisava ser agora. Não precisava.

please


Este coração que você levou é o meu.
Traz de volta, por favor.

quarta-feira, 21 de abril de 2010

adeus, amor


Eu não saberia te dizer o que me faz agir da forma como eu estou agindo. Mas todo mundo pelo menos uma vez na vida já tentou fugir dos sentimentos. Pelo menos daqueles que nos tornam tão frágeis. Mas não me culpe, eu sei que tentei e isso não significa que eu não te ame. É como se fosse instinto ou auto-defesa.  Passei tanto tempo sem sentir nada, com o coração vazio, que a partir do momento em que surgiu, esse sentimento me fez ficar louca. É isso que o amor faz com a gente? Eu esperava por algo que eu não sabia explicar, e confesso que até hoje não sei. Algo que me obrigou a te afastar. E o que hoje existe entre nós? Um punhado de dúvidas. Eu nunca te disse que seria fácil, as coisas nunca são assim tão fáceis . Essa dor que eu sinto me impede de prosseguir. É, eu já não posso mais. Não me odeie por isso. Apesar de tudo eu sei que te esquecer vai ser mais difícil do que conviver com essa dor. Não me pergunte o que se passa na minha cabeça nesse momento, mas sinceramente acho que não nasci pra amar e eu realmente me odeio por isso. Essa é a verdade. É bem provável que você nunca me perdoe, mas eu já me acostumei em ser incompreendida. Hoje eu tenho um medo enorme do amor e sei que você sempre será a minha mais doce lembrança. Eu não estou dizendo que eu não vou tentar mudar, mas no momento só me resta dizer: Adeus.

domingo, 18 de abril de 2010

(...)


Hoje caminho do teu lado, e a queda não é uma opção.
(beeshop)

sábado, 17 de abril de 2010

eu te amei


Eu te amei desde a primeira vez que eu te vi. Eu estava tão assustada de como eu me sentia que eu aprendi a ser sarcástica pra me sentir normal. Tentei esquecer, mas não deu certo. Quando ficamos juntos isto me assustou porque você era a única pessoa que poderia arruinar a minha vida. Eu te afastei. Te fiz pensar que era sua culpa, mas na verdade eu só estava com medo da dor. Mas eu não conseguia aguentar, não queria ser dependente do jeito que eu me sinto a seu respeito. (Skins)

sexta-feira, 16 de abril de 2010

amor platônico


Tolo, mas um tolo que sabe que o único amor sincero, desmedido, exagerado e insensato é, curiosamente, aquele mais comum: o platônico. Mas esse mesmo amor não é dotado da capacidade de mover montanhas. A amizade sim, o amor de mãe, mais ainda. Mas o platônico não move um grão de areia. Ele termina no mesmo ponto em que começou, no quarto, no computador, na espera sem motivo e na nuvem de angústia que jamais precipita sobre a sua cabeça. O amor platônico inspira os poetas, motiva os cantores, dá rumo aos que estão perdidos, ao mesmo tempo em que os adoece, os mata, lhes borra o sentido da existência.(beeshop)

cuide-se


Esfoliação de pele caseira

Uma das coisas que eu me preocupo muito é com a minha pele, principalmente a do rosto. Concerteza a primeira impressão é a que fica e não se pode vacilar quando o assunto é cuidados com a pele. Por isso vou deixar pra vocês aaqui algumas dicas de esfoliação caseira que serve para desobstruir os poros e limpar a pele, importante, principalmente pra quem tem a pele oleosa. Você pode fazer a esfoliação de 1 a duas vezes por semana a depender da sua pele.

Material: 

-  5 colheres de açúcar comum.
- 5 colheres de hidratante (se sua pele for oleosa utilize um hidratante para este tipo de pele).
- Um recipiente limpo e seco.

Como fazer:

Primeiro misture o hidratante ao açúcar num recipiente que esteja limpo e seco. Faça a limpeza da pele com água e sabão (dê preferência aos sabonetes líquidos, pois não acumulam bactérias), seque o rosto delicadamente com uma toalha macia, aplique a mistura do açúcar com o hidratante massageando suavemente em movimentos circulares com a ponta dos dedos. Depois lave novamente o rosto e seque.

quinta-feira, 15 de abril de 2010

the only exception

 

Ultimamente só tenho ouvido isso.

sexta-feira, 9 de abril de 2010

All I Wanted was you


Eu poderia te seguir até o início,
só para reviver o início
Tudo que eu queria era você.
(All I Wanted - Paramore)

quinta-feira, 8 de abril de 2010

armaduras

Você diz que não precisa de ninguém pra ser feliz. Você diz que cansou de acreditar, e de se decepcionar. Você diz, inclusive, que procurar é pros românticos bestas, pros ingênuos e pros alienados. Você se esquece que te foram dados dois braços justamente para que você tenha como carregar o escudo e a espada. Então o que é que você faz com dois escudos? E por quê essa armadura envolve teu corpo, e esse muro envolve tua casa? Saia para caminhar comigo e sinta o peso dos seus dois escudos. Tente equilibrar-se, lutando contra o forte vento que te quer levar com ele para onde quer que seja. Eu caminhei por tanto tempo com escudos iguais aos teus que, hoje, livre, meus passos são (des)cuidadosamente rápidos. Eu demorei, mas consegui me despir da armadura e me desprover dos escudos. Hoje eu aposto comigo mesmo quantos passos eu consigo dar com os olhos fechados. Isso me instiga. Na verdade, eu adoraria, de olhos fechados, me espatifar contra o teu muro. Já tentei uma vez, sim, aquela vez em que tomei uma rasteira. Mas vou tentar denovo e denovo, até que teu sono seja abruptamente interrompido pelo quebrar de meus ossos. E não vai ser só a sua armadura que eu vou tirar. (beeshop)

terça-feira, 6 de abril de 2010

by skins

Freddie: - Nós ficaríamos bem juntos, você não acha?
Effy: - Não.
Freddie: - Por quê?
Effy: - Porque eu vou machucar seu coração.
Freddie: - Talvez eu machuque o seu.
Effy: - Ninguém consegue machucar meu coração.

quando?

E quando é que você vai se deixar cair? 
Quando é que você vai deixar o vento que sopra 
por entre teus cabelos ser mais do que brisa? 
Quando é que eu vou testemunhar por detrás dos teus olhos 
algo mais do que sentimentos escondidos?
(beeshop)

frágil

De repente você percebe que tudo muda, você querendo ou não. Se dá conta de que tudo o que você possuia acaba por escorregar por entre teus dedos da forma mais fácil possível e em segundos. Então você pára e pensa: "Mas o que é que restou pra mim? Nada?" Você, antes podia prever com tamanha certeza a felicidade, mas agora as pessoas com quem você pensava que contaria eternamente se tornaram seres completamente e totalmente  estranhos, porque afinal elas têm de mudar? É triste, mas é o que acontece, sempre. Você chora, implora a Deus pra que tudo volte a ser como antes, perfeito, mas é tudo em vão. Tenta juntar forças pra seguir em frente, sem olhar pra trás, na esperança de recomeçar de uma forma diferente, quem sabe por um outro caminho. Mas você se vê sem chão. Sem saber como recomeçar sem ter a presença daquilo que te é indispensável pra ser feliz e você se pergunta se é o único a estar sofrendo, já que os outros não parecem nem perceber que tudo está ficando tão frágil a ponto de se partir a qualquer momento. Chega uma hora que cansa, suas forças acabam e você perde o sentido. Esquecer, só nos resta esquecer. Está prestes a se partir...

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.