domingo, 6 de fevereiro de 2011

Caminhos incertos

Quando as certezas deixaram de existir percebi o quanto elas podem ser incertas e que por si só não poderiam me trazer tanta segurança como eu imaginava. Por mais que eu tentasse fazê-las durar o tempo suficiente ainda assim existiam pequenas dúvidas que apesar de pequenas eram fortes o suficiente pra derrubar qualquer sentimento, restando o vazio. Passei a caminhar sem direção, sem rumo. Percebi que quando não se enxerga aonde se está indo todos os caminhos parecem ser incertos. Perdemos a conta de quantas vezes caminhamos errado até perceber que isso já não tem mais tanta importância. Essa não foi a primeira nem a última vez que alguém se perdeu buscando o amor. Foi aí que passei a olhar pra dentro de mim, tentando encontrar você. Eu não me canso de procurar.

8 comentários:

@ariadne_t disse...

como sempre, os melhores textos. *-*

@Cari_na disse...

lembrei de um trecho do livro
Os funerais do coelho branco

E fiz promessas de sol para iludir a sombra. Porque é conforto sim, ainda que placebo....

Como sempre ta lindo teu blog *-*

Jussielly Leal disse...

E a gente sempre se perde, buscando o amor e é nele mesmo que nos encontramos ;*

Gi Almeida * disse...

liindos os seus posts, ja acompanho o blog ha um tempo, é ate uma das minhas dicas de acesso no lado do blog rs
beijos

Jullie disse...

Obrigada meus amores.

LÕRÉÑÁ - disse...

Menina que belas palavras*o*
Nossa me identifiquei muito com seu blog !
este é o meu
http://sao-coisas-de-garotas.blogspot.com/
bjoos. de sua NOVA seguidora ;]

Naia Mello disse...

Alguém que goste de você como você é! Alguém que lhe passe a segurança que precisa!

Katrynna Chacon disse...

É mesmo muito lindo esse texto *-*

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.