sábado, 12 de fevereiro de 2011

Sobre o que não é real

Eu ando distraída, sonhando acordada, todos os dias. Um pouco de nostalgia não faz mal a ninguém, mas eu necessito de um pouco de realidade, agora. Eu só queria que você fosse a minha realidade, pelo menos uma vez. O que era distante agora se tornou tão próximo a mim e foi em você que pude encontrar o meu melhor. Reencontrei uma parte em mim que eu julgava esquecida. Hoje percebi que quando se fantasia demais as coisas a realidade já não nos satisfaz. A realidade está longe daqui e eu já me acostumei a perdê-la. Estou mais perto do que eu poderia imaginar. 

5 comentários:

Naia Mello disse...

Eu por mais longe que esteja essa minha realidade, busco com bastante força de vontade, me impor no que é real para mim.

Ká. ✿~ disse...

Faço minhas essas palavras. Estou precisando descer e colocar os pés no chão da realidade.


';*

Amanda Nakao disse...

Muita palavra com sentimento nesse texto.
Se está mais perto do que poderia imaginar, alcance! Acredite! (:

Lolzinhah disse...

Ai que lindo Juh.
O que seríamos,sem um pouco de realidade?Mas às vezes simplesmente é preciso sonhar.
Amando aqui *-*
Bjoz
http://marcadorfluorescente.blogspot.com/

Anônimo disse...

Muito bom o seu texto Tem essência.

Lobo Solitário

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.