quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Amor não se pede

Ei, seu tonto, será que você não pode me olhar com olhos de devoção porque eu estou aqui quase esmagada com sua presença? Não, não dá pra dizer isso. Será que você pode me abraçar como se estivéssemos caindo de uma ponte porque eu estou aqui sem chão com sua presença? Não, você não pode dizer isso. Será que você pode me beijar como um beijo de final de filme porque eu estou aqui sem saliva, sem ar, sem vida com a sua presença? Definitivamente, não, melhor não. Amor não se pede, é uma pena. É triste amar tanto e tanto amor não ter proveito. Tanto amor querendo fazer alguém feliz. Mas amor, você sabe, amor não se pede. Amor se declara: sabe de uma coisa? Ele sabe, ele sabe. (Tati Bernardi)

7 comentários:

Anônimo disse...

Hoje a noite está cinza, hoje a chuva são lágrimas de dor... Desejo que amanhã o sol volte e me traga uma razão para viver ou que a noite chegue e com a morte traga-me a paz de que preciso. ;(

marina disse...

tudo me lembra voce o ceu me lembra teus olhos,o mar lenbra tua beleza.a natureza me lembra a tua pureza,o nada lembra que voce e tudo para mim

Naiana Di Abreu disse...

esse blog é lindo,várias coisas interessantes !
Me sigaam ;*

Dherick disse...

Muito bom.. aproveite seu amor.. eu tenho um, que mesmo assim me deixa me sentir a pessoa mais solitaria do mundo.

Felippe disse...

Amar nunca é demais, doses que inundam nossa alma e fazem nosso corpo transbordar felicidade. Muito bom o texto menina, criei meu blog agorinha e você foi a primeira a ser visitada através de uma pesquisa no google.

Que seu 2012 venha a ser maravilhoso.

Felippe

Felippe disse...

Sábias palavras... seguindo!!!

Feliz 2012!!!

Natássia disse...

O pior é quando ele não pode saber...

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.