quinta-feira, 26 de julho de 2012

Ilusão e outras realidades



Já me chamaram de fria, louca e tudo mais que se pode dizer de alguém que não sabe o que deve sentir. Era tão estranho que me perdia entre todos os sentimentos que me preenchiam por dentro. Eu já cheguei ao ponto de desejar não sentir mais nada. Como se adiantasse. A realidade faz questão de jogar na nossa cara o quanto nos iludimos com tudo. Finalmente eu passei da fase de me importar. Eu nunca esqueci a forma como você me fez sentir coisas que eu nunca pensei que fossem possíveis de se sentir. E foi tentando fugir de tudo isso que eu encontrei o maior de todos os sentimentos. Só negamos até quando conseguimos suportar.

4 comentários:

Rick disse...

As vezes ser frio polpa muito futuros arrependimentos. Li isso em algum lugar e achei super certo. Eu também sou meio assim, e nesses últimos meses tenho sido muito mais... Mesmo porque não somos nós que decidimos que vamos ser frio, a vida nos torna. Entende?
Bjws, belo blog"
U.Uuu

Laryssa Guimarães disse...

E será que seria mais fácil se tudo fosse aceito mais cedo, e não negado?

Jenyffer Lopes disse...

To indicando o blog de vocês , indica o meu também ? *-* ( Olha : file:///C:/Users/Aninha%20Docinho/Downloads/capture-20120727-131553.png )

Victor Hugo disse...

http://thesunsetworld.blogspot.com.br

Postar um comentário

Comente, a sua opinião é importante pra mim.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.