terça-feira, 27 de março de 2012

Realidade

Ainda posso sentir. Eu esperava o que não poderia ter e ninguém seria capaz de me impedir. É meio que inconsciente a forma como acabamos desejando as coisas. Tudo acaba parecendo tão real que a própria realidade deixa de existir. Não sabemos o que nos faz pensar que tudo pode ser verdade. Fazemos de tudo pra esquecer. Sempre existem coisas novas pra sentir quando a gente se permite isso. E não desistimos, nunca.

domingo, 18 de março de 2012

Sobre inconstâncias

Às vezes o amor não é suficiente. Você sabe como é ter o coração partido? Sentir que nada do que você faça pode impedir o pior? Eu já vivi tanta coisa que não me surpreenderia com mais nada. Tem coisas que não dependem de nós pra acontecerem. Não gosto de inconstância. Não dá pra suportar. Tenho medo disso. Eu preciso acordar sabendo o que vai acontecer. Nunca gostei de surpresas. Não consigo sequer comer ou dormir quando algo me deixa angustiada. Por que as coisas têm sempre que mudar? Cansei de velhas expectativas. Às vezes só o amor não é o bastante.

quinta-feira, 15 de março de 2012

(...)

Quando foi a última vez que você pensou em mim, ou você me apagou completamente da sua memória? Eu frequentemente penso sobre onde eu errei e quanto mais o faço, menos sei. Eu sei que eu tenho um coração inconstante, mas você não se lembra a razão pela qual me amou antes? (Adele)

terça-feira, 13 de março de 2012

Quando o amor acaba

Você acha que sabe tudo sobre o amor,  que nada mais te surpreenderia. Quando de repente se depara com a mais cruel das verdades: um dia o amor acaba. E quando acaba tudo perde o sentido. O que antes parecia ser simples se torna o maior pesadelo já vivido. Não adianta procurar sentido nessas coisas, pois não há. A coisa mais fácil de acontecer é a gente se apaixonar por alguém, embora a gente sempre acabe complicando a situação mais do que deveria. Nem sempre esperamos ter que enfrentar o fim e por pior que seja, por mais que achemos o contrário, a gente supera. Não é a primeira nem a última vez que isso poderá acontecer. Talvez essa seja a maior e mais feliz das verdades.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.