terça-feira, 22 de outubro de 2013

Dois segundos

Eu queria acreditar no amor, mas tem algo dentro de mim que não me deixa. Essa sensação de que o fim é inevitável e que não há nada que se possa fazer. Não tô preparada pra aceitar tudo tão fácil. Aquela famosa frase "não existe ninguém insubstituível" deveria fazer a gente se sentir melhor. Eu só queria fingir que não tenho um coração, por dois segundos. 

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

(...)

Não é questão de gostar ou não. A questão é que você não está preparado para enfrentar o amor.

terça-feira, 1 de outubro de 2013

Eu vou ficar bem?

Eu vou ficar bem. Foi o que eu disse enquanto meu coração se desmanchava por dentro.  Será que um dia ele vai se reconstituir completamente? Tava na cara que eu não ia ficar bem. Nada tava bem. Seus olhos de felicidade enquanto tudo aquilo acontecia não me deixavam em paz. Malditos olhos. Malditas músicas. Malditos filmes. Malditos nomes duplos que eu passei a odiar. Incrível como um rompimento pode estragar tanta coisa boa e feliz que antes existia. Eu queria saber como arrancar do meu coração essas velhas lembranças que não me servem pra nada além de me fazer lembrar que não existe amor perfeito. Eu não queria ter descoberto isso agora. Não queria.

Licença Creative Commons
A obra Sinta o Amor foi licenciada com uma Licença Creative Commons - Atribuição - Proibição de Obras Derivadas 3.0 Brasil.